EXCURSÃO

China Exuberante

Visitando Hong Kong, Pequim, Shangai,
Hangzou, Xi’An e muito mais

20 dias / 16 noites

saída: MARÇO/2021

Nosso pacote inclui:
– 16 noites na China
– acomodação em hotéis categoria: primeira
– ônibus de turismo durante toda a viagem
– meia pensão todos os dias, conforme roteiro* / **
– todas as visitas descritas no programa já inclusas
– parte aérea em classe econômica promocional
– taxas de embarque e combustível já inclusas
– impostos de remessa de câmbio
– seguro viagem e bagagem
* não inclui bebidas
** da 1ª à última cidade do roteiro, não incluindo refeições em conexões e/ou escalas.

Durante toda a nossa vida tivemos contato com o Oriente, através de filmes, imagens de televisão, lendas e, principalmente, por nossa imaginação. Pois agora chegou a hora de deixarmos de lado o imaginário e transformar as idéias que fazemos do Oriente, em experiências ricas vividas em uma viagem de descobrimentos, riqueza cultural, beleza natural e muita, mas muita intervenção do homem, na formação de belíssimas cidades chinesas tais como Hong Kong, sua capital Pequim, sua metrópole comercial Shanghai, e muito, mas MUITO mais mesmo. Vamos embarcar nesta aventura de sonhos juntos?

1º DIA – SÃO PAULO / HONG KONG

Hoje cada um se apresentará no aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, onde o representante da Lielu Turismo estará auxiliando os passageiros para embarque com destino Hong Kong, na China, com escala a confirmar.

2º DIA – HONG KONG

Dia de viagem à Hong Kong.

3º DIA – HONG KONG

Chegada a Hong Kong e traslado para nosso hotel, para nosso descanso merecido, afinal, a viagem é longa, e hoje teremos tempo para nos recuperarmos dela. Jantar.

4º DIA – HONG KONG

Café da manhã. Logo após nosso café da manhã, será hora de começarmos a descobrir porque cruzamos o mundo, para visitar este país exótico e de belezas marcantes. Hong Kong, esta cidade entreposto, criada pelos ingleses, mas hoje já sob inteira responsabilidade da China, nos dará uma apresentação prévia do que veremos ao explorar este país continental, que é a China. Conhecida como a Nova Iorque do Oriente, por seus arranha-céus imponentes, por sua arquitetura invejável e única, e pela riqueza que concentra (o maior número de Ferraris do mundo encontrava-se na ilha de Hong Kong…), nosso city tour da ilha de Hong Kong, bem como da baía de Kowloon, tomará conta de nosso dia, hoje. E que dia será! De praias a vistas paradisíacas de penhascos, de paisagens naturais a visitas a shopping centers, hoje começaremos a explorar a China. Jantar.

Hong Kong

5º DIA – HONG KONG / MACAU / HONG KONG

Café da manhã. Seguiremos então logo cedo, para a baía de Kowloon, para ali tomar nossa balsa e visitar a ex-colônia portuguesa de Macau. Em que pese seja difícil hoje encontrarmos pessoas que ainda falem português por lá, fato é que, esta cidade que ainda tem traços de sua colonização, incluindo o consulado de Portugal, nos apresentará seus casinos chineses, impressionantes por seu tamanho e quantidade. Quem acha que Las Vegas tem cassinos grandes, prepare-se para conhecer Macau! Ao final da tarde, retornaremos a Hong Kong para nosso hotel. Jantar. E para aqueles que tiverem fôlego ainda, hoje realizaremos um passeio noturno, de metrô, pelos mercados de rua de Hong Kong, a conhecer a faceta noturna desta charmosa cidade sino-inglesa. Jantar.

Macau

6º DIA – HONG KONG / PEQUIM

Café da manhã. Em horário oportuno, seguiremos ao aeroporto de Hong Kong, para seguir viagem até a capital da China, a imponente cidade de Pequim. Construída nos moldes da cidade de Washington, grandiosa e imponente, a capital da China nos apresentará desde sua história milenar, da Cidade Proibida e dos Hutongs, até suas modernidades como o estádio olímpico, construído em formato de um ninho de pássaros, a impressionar com sua faceta artística e moderna. Jantar.

Pequim

7º DIA – PEQUIM

Café da manhã. Hoje realizaremos nosso city-tour completo pela cidade de Pequim. Como dissemos já, além de grandiosa, é linda, sem deixar de ser exótica, aos olhos de nós, ocidentais. Visitaremos a enorme Praça Tiananmen, uma das maiores praças urbanas do mundo, que é a localização do parlamento chinês, do Mausoléu de Mao Zedong, do Museu Nacional da China, da Torre do Portão de Zhengyangmen e da Porta da Paz Celestial, que dá acesso à Cidade Imperial, dentro da qual está a Cidade Proibida, escondida dos olhos curiosos de plebeus, por muros de 10 metros de altura. Seguiremos para a Cidade Proibida, para conhecer esta Pérola de Jade! Sua construção começou sob o imperador Yongle no início do século XV, e foi meticulosamente concebida para estar em harmonia com princípios filosóficos, religiosos e hierárquicos. Assim, todas as telhas eram amarelas, que era a cor do imperador, e não podia ser usada por plebeus, enquanto nenhum outro edifício em Pequim poderia ser mais alto do que a Cidade Proibida. Entre as atrações da cidade que visitaremos estão o Salão da Harmonia Suprema, o Salão da Harmonia Central, o Salão do Preservar da Harmonia e o Palácio da Pureza Celestial, bem como o Salão da União e o Palácio da Tranquilidade Terrena. Exploraremos este sedutor Patrimônio Mundial da UNESCO e nos maravilharemos com os magníficos templos, salões, pavilhões, palácios e pátios que visitaremos. Adjacente à Cidade Proibida está o parque Jingshan, que está esparramado sobre o morro sintético de 45 metros de altura de mesmo nome. É o ponto mais elevado de Pequim, e foi construído como um jardim confidencial para os imperadores e suas famílias. Como todos os projetos imperiais, o feng shui esteva em primeiro plano no processo de planejamento, criando assim cinco picos no morro, cada um deles coroado por um pavilhão. As vistas sobre a Cidade Proibida e o resto da capital são de tirar o fôlego. O Templo do Céu será nosso último passeio do dia, e está localizado a 3 km ao sul da Praça Tian an men. Este complexo budista data das dinastias Ming e Qing, e é também um Patrimônio Mundial da UNESCO. Das três principais estruturas, o mais impressionante é certamente o salão de oração de 32 metros de altura para boas colheitas, que é o edifício mais antigo do templo. Jantar.

Pequim

8º DIA – PEQUIM / BADALING GRANDE MURALHA / PEQUIM

Café da manhã. Após nosso café da manhã seguiremos para uma parada estratégica, para fotos, no Estádio Nacional de Pequim, popularmente conhecido como o Ninho de Pássaro, que foi o principal local dos Jogos Olímpicos de 2008. Esta arena olímpica arquiteturalmente radical tem capacidade para 80.000 pessoas, e tornou-se um símbolo da nova Pequim e uma das atrações mais populares da capital. Seguiremos para o norte rural da cidade para uma viagem ao passado da China, para conhecermos a Grande Muralha e os Túmulos Imperiais da Dinastia Ming. A seção Badaling da Grande Muralha foi construída em 1505 e foi estrategicamente importante para o Vale Guan, a fim de manter fora as hordas mongóis do norte. Hoje em dia, os turistas de todo o mundo reúnem-se lá, que é a parte mais visitada da Grande Muralha. Tendo sido reconstruída para replicar sua aparência original, esta seção dá uma visão realista da imensidão da Grande Muralha.

Muralha da China

Após nossa visita da muralha, que exigirá um pouco de fôlego dos mais aventureiros, tomaremos a estrada para uma breve viagem de carro para os túmulos Ming, que estão localizados a cerca de 45 km ao norte de Pequim, no vale abaixo das montanhas Jundu. O local foi escolhido especificamente por causa de seu ambiente harmonioso, e foi projetado em uma forma de arco, para afastar espíritos malignos do norte. Este complexo monumental e sereno é acessado através do imponente Grande Portão Vermelho e, em seguida, alcança a Via Sacra com 7 km de comprimento, que é alinhada com estátuas de guardiães como camelos, elefantes, leões, soldados e cortesãos imperiais. Exploraremos o Túmulo Changling, que é o descanso final do Imperador Yongle, que reinou no início do século XV, e é considerado um dos maiores governantes da China. Jantar.

Túmulos Ming

9º DIA – PEQUIM / LUOYANG

Café da manhã. Logo cedo deixaremos nosso hotel para visitar o Palácio de Verão e o Lago Kunming, no noroeste da cidade. Este fascinante complexo era o lugar onde os imperadores da China e suas famílias se afastariam do calor e das intrigas da Cidade Proibida. Aqui eles poderiam relaxar nos luxuosos pavilhões do Monte da Longevidade, meditar nos templos e passear pelos jardins paisagísticos ao redor do Lago Kunming. O vasto e suntuoso Palácio de Verão oferece uma variedade de vistas impressionantes, e possui prédios bem decorados e pátios que são carregados de história. Admiraremos as estruturas cuja grandeza é combinada apenas por seus nomes maravilhosamente evocativos, como o Templo da Virtude Budista, o Salão de Ondulações de Jade, a Sala de Dispersão de Nuvens e o Salão de Felicidade e Longevidade. O lago de Kunming é um grande lago artificial, expandido ao longo de séculos, com a formação de três ilhas que se acredita representarem as “três ilhas de fadas do Mar Oriental”. Duas delas podem ser alcançadas pela ponte, incluindo a ilha de Nanhu, que está ligada à costa pela sensacional Ponte dos Dezessete Arcos (seventeen-arch). Após nosso jantar, embarcaremos em um trem noturno com destino à cidade de Luoyang.

Palácio de Verão

10º DIA – LUOYANG

Chegada à cidade e transferência para nosso hotel. Ali tomaremos nosso café da manhã e, após tomá-lo, visitaremos a atração mais famosa desta cidade: as grutas de Longmen, que estão localizadas ao sul da cidade, às margens do rio Yi. (Longmen significa “portão do dragão” em mandarim) Este Patrimônio Mundial da UNESCO tem dezenas de milhares de estátuas budistas esculpidas em quase 1.400 cavernas de pedra calcária. Que espetáculo veremos! Os trabalhos sobre este vasto complexo começaram pela primeira vez durante a dinastia Wei do Norte, do século V, e a passagem do tempo só aumentou a dimensão do que seus artesãos esculpiram fora da rocha. De norte a sul, as grutas cobrem uma distância de cerca de 1 km. Durante nossa excursão, exploraremos as cavernas mais interessantes e famosas. Jantar.

Luoyang

11º DIA – LUOYANG / XI’AN

Café da manhã. Hoje seguiremos para o sudeste rural de Luoyang, após nosso café da manhã, para visitar o mundialmente famoso Mosteiro de Shaolin, que é considerado o berço e casa espiritual das artes marciais. Há um templo neste local pelo menos desde o quinto século, e hoje esse templo cobre uma área larga que abarca mais de uma dúzia de salões e pátios, assim como a floresta assustadora do Pagoda, que é composta de mais de 240 pagodas de tijolo e de centenas de Árvores. Alguns remontam ao século VIII, e cada pagoda presta homenagem a um eminente monge ou abade, com o número diferente de níveis e lados servindo para identificar cada um. O destaque de nossa visita será a apresentação de kung fu a ser realizada pelos monges. Os movimentos de Shaolin kung fu são baseados no antigo conhecimento médico chinês, e estão em conformidade com as regras de movimento do corpo humano, com ênfase especial na combinação de movimento e quietude, o equilíbrio entre yin e yang, e o complemento entre tenacidade e suavidade. O princípio mais conhecido é o “Six Harmonies” ou 6 harmonias, composto pelas três harmonias externas (ombros e quadril, cotovelos e joelhos, mãos e pés) e as três harmonias internas (mente e intenção, intenção e Qi – energia natural – e Qi e força). Após esta exibição imponente de artes marciais, voltaremos para Luoyang para tomar nosso trem expresso da tarde para Xi’an. À nossa chegada, seguiremos para nosso hotel para check-in. Jantar.

Mosteiro Shaolin

12º DIA – XI’AN

Café da manhã. Seguiremos hoje viagem para o campo fora de Xi’An, para visitar o tesouro inestimável, desconhecido pela humanidade, até que alguns agricultores tropeçaram sobre ele cerca de quatro décadas atrás. O que eles encontraram desde então, tornou-se um fenômeno global, com partes do chamado Exército de Terracotta sendo exibidas em todo o mundo. Há milhares de guerreiros armados, diferentes entre si, alinhados em fileiras de acordo com o posto militar, bem como centenas de cavalos e carros. Os soldados foram feitos por um exército de artesãos e foram enterrados com Qin Shi Huang, o primeiro imperador da China, que morreu em 210 a.C.. Vê-los todos diante de seus olhos é uma experiência verdadeiramente inesquecível. A seguir, retornaremos para Xi’An. Pela tarde visitaremos o Grande Pagoda do Ganso Selvagem, que ficou ali desde a Dinastia Tang, no século VII. Jantar.

Xi'An

13º DIA – XI’AN / GUILIN

Café da manhã. Hoje seguiremos para o aeroporto internacional de Xi’an (Xianyang International Airport), para tomar nosso vôo com destino a Guilin. Seguiremos então ao Monte Fubo, nomeado em homenagem a um general da dinastia Tang, famoso porque construiu um templo em seu pico. Esta rocha de pedra calcária de 213 metros de altura sobre o Rio Li, além de sua beleza natural crua, abriga vários outros locais de interesse, incluindo uma Caverna que é o lar da Rocha Espada de Teste, a Caverna de mil Budas, e o grande Relógio de Ferro. Apesar de seu nome, a Caverna de mil Budas tem apenas 239 estátuas de Buda, distribuídas em 36 santuários espalhados por três níveis. Seguiremos então para nosso check-in na cidade de Guilin. Jantar.

Rio Li

14º DIA – GUILIN / YANGSHUO

Café da manhã. Embarcaremos então em um fascinante cruzeiro pelo rio Li. Desfrutaremos de uma experiência em 3D, navegando por algumas das paisagens mais dramáticas criadas pela Mãe Natureza, neste país. Veremos afloramentos cáusticos irregulares, que se juntam e apontam agudamente para cima, atingindo centenas de metros do chão, como estalagmites gigantecas cobertas de vegetação espessa. Passaremos por cidades e aldeias que parecem intocadas pela passagem do tempo, através de desfiladeiros, por cachoeiras e por muitas outras maravilhas naturais. Cada curva do rio traz uma paisagem exótica e caótica, até alcançar o destino de hoje, a vila pitoresca de Yangshuo, por volta das 13:00 horas. Nesta cidade, aninhada meio às montanhas Karst, visitaremos o mercado local movimentado e aproveitaremos para relaxar um pouco tomando um café em algum dos cafés da cidade, enquanto admiramos a beleza natural que nos circundará. Yangshuo é um local animado, freqüentado por mochileiros, e transformado em um dos destinos mais cosmopolitas do interior rural da China. Jantar.

Yangshuo

Yangshuo

15º DIA – YANGSHUO / GUILIN / HANGZHOU

Café da manhã. Hoje exploraremos a cidade de Yangshuo e, em horário oportuno, rumaremos ao aeroporto para tomar nosso voo de sequência a Hangzhou. Em nossa chegada, visitaremos uma plantação de chá Meijiawu. Hangzhou e a região do delta do Rio Yangtze são conhecidas por suas paisagens deslumbrantes e solos férteis, especialmente adequados para o cultivo do chá. No Meijiawu, aprenderemos algo sobre a história da produção de chá nesta área cênica ao redor do Lago Oeste, e como ela mudou a sorte da economia local. Hoje, a vila de cartão postal de Meijiawu tem mais de 150 casas de chá servindo a mistura local peculiar de chá. Apesar da prosperidade da área e de sua popularidade com visitantes, não perdeu seus encantos pastorais, e retém a sensação de China antiga. Jantar.

Hangzhou

16º DIA – HANGZHOU / SUZHOU

Café da manhã. Dedicaremos nossa manhã a um cruzeiro a ser realizado pelo Lago Oeste, localizado no coração histórico de Hangzhou. Bem no centro da cidade velha, este lago inspira poetas, artistas, músicos e românticos desde tempos imemoriais, e é visto como a “mãe” dos Jardins Chineses. Tal é a sua beleza natural de sonho, reforçada pelo gênio da humanidade, que foi recentemente declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO. Com sorte, desfrutaremos de um passeio de barco pelas águas do Lago Oeste – envolvido em névoas românticas – e passearemos pelos graciosos jardins. Através das calçadas, exploraremos atrações maravilhosamente nomeadas, como o Caminho Sustentado pelas Nuvens, a Ponte Cruzando o Arco-íris, ou ainda as Três Piscinas que Espelham a Lua. Seguiremos para as montanhas de Wulin, que se levantam da costa ocidental do lago e, após aproximadamente 4km, chegaremos ao monastério legendário de Lingying (ou o templo do descanso da alma). Este centro do budismo de Chan foi fundado no quarto século e foi considerado uma das “cinco montanhas Zen” da dinastia Song. Os estudiosos mais eminentes sempre foram atraídos para ele e envolvidos em debates animados sobre o budismo e o taoísmo. Há 11 salões, dois pavilhões, três pagodas e três grutas com mais de 470 esculturas em pedra, de figuras budistas que datam dos séculos X ao XIV. Pela tarde tomaremos um trem de alta velocidade de volta a Suzhou. Chegaremos ao final da tarde ou início da noite, e seguiremos para nosso hotel. Jantar.

Monastério Lingying

17º DIA – SUZHOU / SHANGHAI

Café da manhã. Hoje realizaremos mais um passeio de barco, desta vez através do Grande Canal, que há séculos ligou a cidade com Pequim, trazendo produtos para seus mercados e prosperidade para seus comerciantes, e atribuindo a Suzhou a alcunha de “Veneza do Leste”. Enquanto a embarcação move-se, admiraremos as casas históricas de comerciantes e aristocratas da idade de ouro da cidade, as casas de chá acolhedoras, e a famosa rua Shantang. Suzhou também é famosa por seus nove jardins clássicos, que juntos formam um Patrimônio Mundial pela UNESCO. Visitaremos o maior desses jardins, o Jardim do Administrador Humilde, logo após nosso cruzeiro. Apesar do nome modesto, o jardim da era Ming abrange uma vasta área, que possui dezenas de edifícios e pontes, todos localizados em um labirinto de piscinas e ilhas conectadas. Entre as atrações mais encantadoras estarão as mais de 700 pequenas paisagens que o conformam. Passearemos pelos três jardins (Leste, Central e Oeste) e admiraremos os pavilhões, as características da água e a exuberante vegetação. No Jardim Central, encontraremos três ilhas que recriam as míticas “ilhas de fadas do Mar Oriental”, aquelas que já visitamos em Pequim. O salão maravilhosamente nomeado de 36 patos Mandarins e 18 camélias, fica no jardim ocidental, enquanto no Jardim Oriental encontraremos o Sorghum Hall, hall perfumado. Seguiremos então para a estação de trem para tomarmos nosso trem com destino a Shanghai, a apenas uma hora de distância, chegando à tarde para nosso check-in. Jantar.

Suzhou

18º DIA – SHANGHAI

Café da manhã. Hoje dedicaremos nosso dia às deslumbrantes atrações da maior cidade do mundo. Visitaremos a margem oeste do Rio Huangpu e exploraremos este elegante cais, repleto de edifícios históricos de bancos das décadas em que as potências estrangeiras controlavam grandes faixas de Shanghai como “concessões”. Há 52 edifícios de referência ao longo deste passeio de 1,5 km, variando em estilo de neo-clássico para “art deco”. Entre as estruturas mais atraentes estarão a Casa de Alfândega de oito andares, o Banco da China e o Edifício de Comunicações. Atravessaremos o rio para a margem leste, e subiremos até o topo da Torre Jin Mao de 88 andares (o Edifício da Prosperidade Dourada) que, até 2007, era o edifício mais alto da China. O deck de observação no 88º andar oferece vistas panorâmicas surpreendentes da metrópole que é Shanghai, e do adjacente Centro Comercial Mundial de 101 andares. No interior, as vistas também serão atraentes, com o átrio de 31 andares (o segundo mais alto do mundo), uma magnífica visão que quase parece ser uma ilusão de ótica. Pela tarde, voltaremos para a margem oeste para visitar o Jardim Yu, um jardim chinês clássico, repleto de pavilhões ricamente decorados, salões, torres, rochedos e lagoas, alguns remontando à dinastia Ming há quatro séculos. Aqui encontraremos um local tranquilo para descanso do ritmo moderno de vida nesta cidade, agitada, de mais de 24 milhões de habitantes. Em seguida, descobriremos a cidade velha em si, que de alguma forma sobreviveu ao impulso impressionante da modernização da China das últimas duas décadas. Quase encolhidas sob os modernos arranha-céus, as ruas estreitas de dois e três andares da cidade velha e terrosa, oferecem um contraste surpreendente, com a reluzente nova Shanghai. Pedestres, ciclistas e outros turistas se juntarão a nós ali, em nossa aventura neste local de lojas familiares, shoppings e centros comerciais. A imensa energia, cor e espetáculo da “Nanjing Ave.” nos brindarão com um microcosmo de Shanghai, condensado em um só lugar. Jantar.

Shangai

19º DIA – SHANGHAI / SÃO PAULO

Café da manhã (se o horário do vôo permitir). Em horário oportuno, seguiremos ao aeroporto para embarque com destino a São Paulo, com escala a confirmar.

20º DIA – SÃO PAULO

Chegada ao aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, e fim de nossos serviços.

Temos certeza de que apreciarão esta experiência, e esperamos vê-los em sua próxima oportunidade de viagem!

Preço por pessoa:
Duplo:
Individual:
US$ 6.890
US$ 7.890
Taxas já inclusas.
Nossos preços são completos!
Confira nosso
parcelamento sem juros
Kit de Inscrição
Cond. de pagamento
Roteiro em PDF